Refluxo Tem Cura? Saiba Tudo Sobre esse Assunto e Cuidados com o Omeoprazol

queimaçao no estomago 1

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (33.123 Votos, Média: 5,00 de 5)

Loading...

Refluxo tem cura ? Só que já sofreu sabe muito bem o que representa essa pergunta, por este motivo leia com extrema atenção aos próximos parágrafos, tenho certeza que você irá se surpreender.

Entenda quais cuidados devem ser tomados a fim de eliminar essa doença da sua vida, e descubra um método 100% natural de tratá-la!

Se você sofre com o mal da azia, com certeza esse texto será muito importante para o seu caso; Leia atentamente e veja quais cuidados você deve tomar daqui para frente.

O doutor Lair Ribeiro é especialista quando o assunto é saúde, médico cardiologista e nutrólogo, ele já escreveu 37 livros, sendo 15 best seller, tem 149 trabalhos científicos publicados e já trabalhou nas melhores Universidades do mundo, tudo isso enquanto exercia sua profissão. Por isso, hoje é a fonte principal desse artigo.

Conhecido e com fama de polemico, o médico hoje falou sobre uma doença comum, que atinge milhares de pessoas, a gastrite e todos os seus sintomas. Só quem tem a doença entende o quanto o refluxo e a azia incomodam diariamente depois de comer qualquer coisa.

Sabe aquela sensação de queimação, como se tivesse algo ácido na sua garganta? Imagine a aflição de sofrer com isso todos dias? É horrível!

O problema é que a maioria das pessoas que vivem com esse mal-estar acaba recorrendo a medicamentos que promovem alívio instantâneo, mas não duradouro a seu problema.

Essa definitivamente não é a melhor solução! Omeoprazol não é a solução paraíso seus problemas de azia ou refluxo, e vamos explicar melhor esse ponto. O medicamento está proibido e por isso não deve ser usado, em hipótese nenhuma.

lupa-350x230

 

Para entender melhor, vamos ter uma aula básica de anatomia:

Muitas pessoas começam a ter gastrite a partir dos 40 anos, quando o ácido clorídrico para de ser fabricado e isso gera problemas na digestão. Os primeiros sintomas estão relacionados ao refluxo, azia e dor. Perceba que, nesse caso, o ponto que causa a gastrite não é o excesso de ácido e sim a falta do mesmo, que faz altera todo o PH do corpo.

Nesse caso, você já relaciona a gastrite ao Omeoprazol e, em poucos minutos, faz uma pausa na farmácia para ter um estoque do medicamento, o problema é que ele age como um anestésico e você logo sente uma melhora, porém isso é tudo aparente.

O Omeoprazol alivia a queimação do esófago, melhorando um sintoma da gastrite, mas não está curando a doença, além de trazer mais danos ao sistema digestório.

Além de acabar “escondendo” e não resolver a doença, o medicamento ainda prejudica o estômago, inibe a produção da pepsina, e não permite a digestão das proteínas, o que causa problemas na hora de ir ao banheiro – a digestão não é feita e ocorre como um putrefaçao dos alimentos no intestino.

Uma dica importante para quem ainda não sabe se está com gastrite é através das fezes. Quando as mesmas possuem um odor muito forte com frequência, isso pode significar que falta ácido clorídrico no seu organismo, e que, portanto, você precisa de um tratamento certo para essa doença. Perceba que dissemos “certo”, então não recorra ao Omeoprazol!

Após essa simples explicação, deu para perceber que, enquanto você pensa que está resolvendo um problema, e se enche de Omeoprazol para aliviar a azia, apenas está piorando sua deficiência de ácido clorídrico e assim causando mais problemas.

O ponto, digamos que incrível, desse medicamento, é que ele acaba viciando e é bem comum escutar pessoas que são reféns dele, e precisam todo dia de uma dose para sentir-se melhor.

Lembre-se que ele causa apenas a sensação de alívio, mas, enquanto isso, você ainda não resolveu a sua gastrite e está a tratando de forma errada.

Azia é sinônimo de falta de produção de ácido clorídrico, e então você não precisa de um medicamento que age para acidez estomacal, são pontos opostos então muita atenção. Chega! Descarte todos esses comprimidos e vamos a um tratamento eficiente que não prejudicará ainda mais sua saúde.

Quem tem gastrite precisa ter uma alimentação saudável e assim logo perceberá que sua vida mudará. Se mesmo assim os sintomas continuarem e você achar necessário o uso de um medicamento, compre o medicamento que é oposto ao Omeoprazol e não insista nesse medicamento.

Lembre-se que sempre que estamos falando sobre doenças é fundamental recorrer a um profissional, que analisará especificamente o seu caso e lhe dará o tratamento correto.

Nossa saúde é muito frágil, e, por isso, ir atrás do que os outros falam pode acabar lhe rendendo diversos problemas.

Começou a sentir muita azia, aquela sensação de mal-estar e queimação? Então esse é o momento de procurar um especialista e ver o que é necessário para o seu caso, nada de automedicação ou Omeoprazol para dar uma “aliviada” rápida.

Você precisa de uma solução definitiva, uma cura para o seu problema, e não apenas uma aliviada momentânea, que pode acabar te causando mais e mais problemas.

Por que não recorrer ao Método Vencendo a Azia? Nesse curso totalmente online, você encontrará um passo a passo sobre como lidar com seu problema de maneira duradoura e natural.

vencendo a azia funciona

remedio caseiro para refluxo
refluxo tem cura
refluxo tem cura

refluxo tem cura


refluxo tem cura